Máscaras Nada Fashion 

(Matéria)



Pra início de conversa: Não. Não é algo fashion! Ok? E apesar de terem se tornado o símbolo global do estado pandêmico que estamos vivendo, elas definitivamente não são o acessório trend da vez!

Sabemos que esses dias estão sendo assustadores pra muita gente, e no desespero a galera sai de máscara nas ruas. E isso vale mesmo quem não esta com gripe ou em estado de risco. Mas se você acompanha o noticiário vai ver que os médicos e especialistas não recomendam o uso da máscara para quem não esta infectado ou com risco. Aliás a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) recomenda o uso de máscaras faciais para:


• Pessoas que apresentam sintomas respiratórios, como tosse, espirros ou dificuldade em respirar, mesmo quando procuram atendimento médico, para proteger as pessoas ao seu redor.

• Pessoas (incluindo familiares) que prestam atendimento a pessoas com sintomas respiratórios.

• Profissionais de saúde, quando entram em uma sala com pacientes ou quando tratam um indivíduo com sintomas respiratórios e de acordo com o tipo de atendimento que será prestado.

Ou seja o uso da máscara nas ruas não te impede de contrair o vírus, mas o recomendado pela organização mundial da saúde para previnir de contrair o vírus é:

• Lave as mãos com frequência ou use um desinfetante para as mãos à base de álcool. Sempre lave com água e sabão quando as mãos estiverem visivelmente sujas.

• Evite tocar o nariz ou a boca, que são vias comuns de infecção.

• Evite multidões e limite suas visitas a espaços fechados com pessoas.

• Evite o aperto de mão e outras formas de contato físico.

• Mantenha uma distância de pelo menos um metro (3 pés) de qualquer pessoa que tenha sintomas respiratórios (por exemplo, tosse ou espirro).

Se a pessoa tiver sintomas como tosse, espirros ou dificuldade para respirar, as recomendações são:

• Usar uma máscara facial, se a pessoa estiver infectada, para evitar a propagação da doença.

• Se não usar máscara, mas estiver tossindo e espirrando, é fundamental cobrir o nariz e a boca com o cotovelo dobrado ou com um lenço de papel – em seguida, jogar fora o lenço e higienizar as mãos.


Vimos até que o Instagram fez filtros de máscaras com logos de marcas de luxo depois de que elas apareceram e foram protagonistas em alguns desfiles que apresentaram coleções apocalípticas refletindo esse momento (incluindo marcas como Off-white, Louis Vuitton e Fendi) as quais, usaram em suas coleções de inverno 2020, looks que vinham complementados com máscaras na passarela, e que depois viralizam nas redes.

Mas a verdade é que precisamos levar a pandemia a sério e o estado de calamidade pública em que estamos. Não é hora de glamorizar essas coisas, e nem de se desesperar, mas de se manter bem informado com sites e fontes de confiança e tomar as devidas prevenções. Sabemos que a moda reflete os acontecimentos do mundo e que consequentemente influência a nossa maneira de consumir. Mas é preciso pensar que quem esta com a doença não gostaria de estar com uma mascara da Gucci em um leito de hospital, mas saudável e perto das pessoas que ama. Não é hora de close ou glamour mas de conscientização e calma, não quer pegar o vírus? Simples, fique em casa e evite estar em locais onde tenha aglomerações de pessoas. Isso já evita ;)


3 visualizações