Você serve a moda ou a moda te serve ?

(Matéria)

Ao contrário do que muitos pensam sobre tendência a palavra em si tem outro significado:Tendência, do latim tendentia, significa no sentido figurado ato de propensão; inclinação; disposição ou propósito. As tendências podem nascer de pessoas com alta capacidade de se expressar e diferenciar-se das outras, essas recebem o nome de trendsetters (lançadores de tendência) ou vanguardistas.

As tendências servem a para definir o futuro e estudar o comportamento é uma das formas de anteciparmos novas realidades. Elas apenas refletem os estados futuros dos consumidores e por isso podem começar pequenas, mas depois ganharem força.

Muito diferente da realidade que até um tempo atrás vivíamos com as tendências.


O seguimento de tendências de moda vem muito antes do que imaginamos. Elas iniciaram no Século XIX na França e Inglaterra, onde as mulheres que faziam parte da nobreza utilizavam belos vestidos e a parte feminina mais pobre da sociedade as imitava. Quando mulheres da realeza diminuíram o comprimento de suas saias e afinaram seus vestidos na parte da cintura logo todos os outros vestidos tiveram as mesmas mudanças. Muitos viram como um gesto de imitação, mas ali estava o início das tendências de moda. Já nos anos 50 e 60 o consumismo fez com que a moda começasse a adquirir um outro papel na sociedade. Conseguimos ver claramente a influência que os filmes hollywoodianos tiveram no mundo da moda nos anos 50. Já na década de 1960 por exemplo, o rock and roll explodiu, enquanto a rebeldia tomava conta das ruas.

A cultura do consumismo sempre nos ensinou a ideia do novo amanhã é velho ,os desfiles que acontecem a cada semestre levam as marcas que reproduzem esse seguimento e tudo vira tendência, então a blusa da semana passada já não esta na “moda” e então nos tornamos escravos daquilo que consumimos.

A nossa geração sendo uma geração marcada pela tecnologia e acesso a informações, os questionadores de tudo, hoje a discussão sobre o que é tendência é muito maior. Pessoas e marcas optam por propósito e estilo de vida, no qual a roupa necessariamente não precisa estar relacionada ao modismo popular mas ao conforto e durabilidade, por exemplo. A busca por uma moda que valoriza o que você valoriza faz muito mais sentido pra nossa geração.


Hoje é claro que as tendências estão ai, mas não precisamos seguir tudo que é dito, mas usar o que nos faz sentido e condiz com a nossa realidade. No dia a dia é muito mais importante, ainda mais em tempos que atuais de isolamento social, no qual vamos repensar o consumo e de roupas que fazem mais sentido pra nós.


A moda é uma ferramenta auxiliadora, e não, nós que temos que servir a moda. É a moda que nos serve. Essa ideia de que temos que seguir tendências como no passado é uma ideia antiga e ouso dizer mentirosa. O verdadeiro propósito da moda é servir e atender as nossas necessidades, não precisamos ser reféns dela.


12 visualizações